Você considera o uso de LMS (Sistema de Gestão da Aprendizagem) para educação corporativa como um investimento no capital humano da sua empresa? Segundo o Gartner, esta é uma das principais tendências que se desenham para 2022 e para o pós-pandemia de uma maneira geral. Aproveite o player abaixo e acompanhe o conteúdo também em áudio, se preferir!

Foram inúmeros os aprendizados relacionados a práticas de gestão de pessoas, e o investimento em capacitação de colaboradores foi um dos que veio para ficar. De 2019 para 2020, por exemplo, houve um aumento de 20% nos orçamentos de T&D, segundo a Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

Capital humano é um conceito que busca associar as pessoas ao principal propulsor para o sucesso e prosperidade de um negócio. Ou seja, fortalecer no RH a visão de que o colaborador deve estar no centro das decisões, porque é ele quem produz valor econômico para a empresa. É no capital humano de uma empresa que reside seu diferencial competitivo. 

Neste sentido, são considerados inúmeros fatores, como atributos de personalidade, competências técnicas, comportamentos, necessidades, interesses, pontos fortes e de evolução etc. Tudo isso faz parte do pacote de desenvolvimento dos colaboradores e deve estar previsto dentro do plano de ação do RH para investimento.

São duas as principais formas de investir no capital humano da sua empresa: a primeira é por meio do recrutamento e seleção, em que se busca no mercado os profissionais com as habilidades necessárias para determinada função na empresa. A segunda maneira é treinando e desenvolvendo a equipe que já atua na organização. 

Assim, a educação corporativa está diretamente relacionada à sustentabilidade do negócio. Colaboradores qualificados oferecem maior retorno à empresa, além de se sentirem valorizados com o investimento da organização em sua capacitação. Continue a leitura deste artigo e saiba como operacionalizar isso em um LMS e quais os benefícios.

Na Ahgora, você tem o LMS mais completo do mercado ao seu dispor.

LMS: Sistema de Gestão de Aprendizagem

Quando falamos de treinamento e desenvolvimento, a primeira imagem que vem à mente é a de uma sala de aula tradicional. Várias pessoas sentadas, um instrutor e uma apresentação de slides. Bom, se na sua organização este ainda é o método adotado, você precisa conhecer mais sobre o potencial do LMS.

Da mesma forma que aconteceu com outras frentes da gestão de pessoas, como o ponto, a organização das escalas e até mesmo as férias dos colaboradores, a área de T&D também migrou para o digital. E é daí que vem a sigla LMS, de Learn Management System, ou sistema de gestão da aprendizagem

O LMS possibilitou não só a digitalização de treinamento e desenvolvimento de equipes, como também um vínculo muito mais próximo ao compliance da empresa. É por meio deste sistema que a organização consegue acompanhar, monitorar e notificar todos os treinamentos realizados. Sejam no modelo presencial, online, webinar e até leitura de documentos. Ou seja, as diferentes planilhas que costumam circular com os registros de presença estão com os dias contados. 

Evidências confiáveis e em tempo real: benefícios do LMS

A partir da adoção de um sistema de gestão da aprendizagem, o RH acessa o histórico completo da qualificação realizada por cada colaborador. A participação em treinamentos presenciais, por exemplo, pode ser controlada por biometria ou reconhecimento facial, impedindo fraudes nas participações.

Outro setor que se beneficia bastante dessa ferramenta é a segurança do trabalho, devido à necessidade do cumprimento de prazos e normas técnicas. Nesses casos, a ferramenta consegue reunir e monitorar os dados, informando sobre prazos e procedimentos necessários.

Além disso, os alinhamentos que acontecem durante o expediente, que também são uma espécie de treinamento, podem ser contabilizados no sistema. Esse tipo de capacitação é chamada de on the job, ou durante o trabalho em tradução livre, e geralmente não faz parte das metas de treinamento por carga horária. Com o monitoramento, não só o RH, mas a empresa como um todo passa a ter o desenho real do envolvimento do time com a qualificação. 

Para a segurança da informação, os dados que geralmente circulavam em planilhas via e-mail, passam a estar centralizados, de acordo com todas as normas exigidas pela LGPD.

Assim, além do acesso rápido e ágil às informações, o compliance da empresa estará resguardado com todas as evidências necessárias, inclusive em momentos de auditoria. Mas as vantagens ainda vão além, atuando inclusive na redução de custos e no fortalecimento da produtividade.

Multiplicidade de formatos

Pensando nos benefícios do LMS de forma segmentada, o primeiro que podemos citar é que, através da tecnologia, os formatos se multiplicam. O conhecimento passa a ter espaço ao vivo no modelo presencial, online, treinamentos gravados e híbridos (combinando presencial e online). Todas as informações alimentam o LMS, mesmo as que se referem a treinamentos ou cursos realizados fora da empresa. 

Relatórios em tempo real no LMS

A geração de dados e a possibilidade de analisá-los através de relatórios atualizados em tempo real. Este é o segundo grande benefício que percebemos no uso de um LMS pelas organizações para treinamento e capacitação. Os relatórios representam exatamente a situação atual das equipes, o que possibilita entender quando houve uma capacitação, no registro de cada colaborador.

Acompanhamento individualizado

Com a visão geral do quadro, também é evidenciado todo o tipo de gap que houver entre os times. Ou seja, nada de refazer o treinamento para equipes inteiras se apenas uma parcela está com dificuldade em absorver aquele conhecimento. Com o LMS, é possível acrescentar testes ao fim de cada treinamento e, caso necessário, reprovar o colaborador para que ele refaça a trilha. 

Integração com outros sistemas

Os melhores sistemas, como o LMS da WebTraining, ainda fornecem todo o tipo de integração com ERPs, sistemas de folha, de registro de ponto, entre outros. Mas, principalmente, são os melhores amigos do RH em questões legais, pois fazem o vínculo entre os treinamentos das NRs obrigatórias, os Atestados de Saúde Ocupacional (ASOs) exigidos e os prazos em que cada um deles está vigente. 

Com todas essas informações reunidas, é possível ir além e automatizar um sistema de comunicação com as equipes e gestores, relembrando treinamentos em aberto, prazos para conclusão ou renovação dos aprendizados – via e-mail e SMS. 

E, para garantir que os mais antenados também se adaptem, o conteúdo pode ser apresentado por meio de realidade virtual, realidade aumentada e gameficação. Assim, o treinamento deixa de ser associado a uma obrigação para se tornar um motivador junto aos colaboradores.

O LMS como força na cultura organizacional 

A prática de treinamento desde o onboarding até o desligamento transforma a percepção de valor dos colaboradores. Isso porque, além de assegurar a participação necessária das equipes, ela também garante a satisfação do time, que passa a ter mais segurança e agilidade no desempenho de suas tarefas. 

Ao tratar o treinamento e desenvolvimento como uma prática, a empresa comunica que isso faz parte da sua cultura, e que se manter atualizado é importante. Assim, com essa percepção, o estímulo ao desenvolvimento passa a gerar valor também para o empregado. 

Com tudo isso em mente, fica clara a necessidade de uma gestão eficiente para treinamento e desenvolvimento, que pode ser construída por meio do uso de um LMS. Aspectos fundamentais para o sucesso de T&D enquanto cultura, como registros, análises, performance do time, do instrutor etc., ficam compilados e disponíveis nesse tipo de sistema para as tomadas de decisões. 

Em suma, o sucesso ou não do processo de desenvolver o time está diretamente vinculado à capacidade de gestão da atividade. Afinal, para nutrir e reter o capital humano, é fundamental a empresa estar ciente do desempenho dos instrutores, do teor e qualidade do conteúdo, nível de satisfação da equipe.

Se você percebe a necessidade de transformar a realidade de T&D na sua empresa, fale com nossos consultores e conheça mais sobre a WebTraining, nossa vertical de educação corporativa.