Educação corporativa é uma estratégia de gestão de pessoas focada em desenvolver o capital humano de uma organização, alinhando-o aos objetivos e valores da empresa.

Também conhecida como educação empresarial, essa estratégia é posta em prática por meio da identificação das necessidades individuais e da criação de cursos ou programas de treinamento sob medida. Dessa forma, a missão primordial da educação corporativa é promover uma cultura de aprendizado na empresa.

Atualmente, observa-se um aumento notável na adoção dessa abordagem, especialmente quando se trata da gestão do capital humano (HCM) nas empresas. 

Um número crescente de organizações reconhece o investimento em práticas de educação corporativa como uma prioridade estratégica. Isso ocorre principalmente devido aos benefícios relacionados à retenção de talentos e à manutenção de uma vantagem competitiva no mercado.

Segundo a pesquisa HR Innovation 2023, conduzida pelo Ecossistema Ahgora, a educação corporativa, incluindo treinamento, desenvolvimento e capacitação de lideranças, ocupa a segunda e terceira posições, respectivamente, no que se refere a investimentos.

HR Innovation 3ª edição relatório 2023, baixe o relatório

Afinal de contas, todos desejam oportunidades para aprender e evoluir, certo? E quando a empresa reconhece essa aspiração como uma estratégia significativa, os colaboradores se sentem valorizados e inclinados a permanecer na organização. 

Então, se você deseja se atualizar sobre um tema tão importante para a gestão estratégica de pessoas, continue a leitura até o fim!

O que é educação corporativa: exemplos

A educação corporativa é uma estratégia essencial para as empresas que querem se destacar no mercado de trabalho. Ela envolve a capacitação contínua dos colaboradores, conforme as necessidades do negócio e do seu próprio desenvolvimento profissional. 

Assim, a educação corporativa faz parte da cultura organizacional por influenciar na atração e retenção de talentos, na satisfação dos clientes e na competitividade da empresa. 

Uma das formas de implementar a educação corporativa é por meio de um Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS), ou seja, um ambiente online de aprendizagem, onde os colaboradores podem acessar cursos, treinamentos e capacitações criados pela empresa.

Algumas organizações vão além e criam universidades corporativas, com o apoio de parceiros especializados, que oferecem programas de educação para outras empresas ou para o público em geral.

Como a KLABIN fortaleceu a cultura de aprendizado por meio da nossa plataforma de LMS!

Qual a diferença entre treinamento e educação corporativa?

Treinamento e educação corporativa são dois conceitos que, embora estejam relacionados, possuem diferenças importantes.

A educação corporativa é a estratégia usada pelas empresas para ensinar e desenvolver suas pessoas. Ela inclui todos os preparativos necessários para isso. Os cursos e treinamentos são como as ferramentas que ajudam a atingir esse objetivo.

Exemplo de educação corporativa: uma empresa oferece um programa de desenvolvimento de lideranças para seus colaboradores. O objetivo é preparar os colaboradores para assumir posições de liderança no futuro.

O treinamento, por sua vez, é um processo estruturado e planejado de desenvolvimento de habilidades, conhecimentos e competências dos colaboradores de uma organização. Eles visam melhorar o desempenho individual e coletivo, alinhando-o aos objetivos da empresa. 

Por meio de programas de treinamento, os colaboradores podem adquirir novas habilidades técnicas, aprimorar suas habilidades interpessoais e de liderança, bem como atualizar seu conhecimento em áreas específicas. 

Treinamentos também desempenham um papel importante na adaptação de novos funcionários à cultura organizacional, promovendo um ambiente de aprendizado contínuo e impulsionando o crescimento e a inovação dentro da empresa.

Já os treinamentos normativos são programas de aprendizado obrigatórios para garantir que todas as regras estabelecidas pelo governo sejam seguidas no local de trabalho. 

Tanto empresas públicas quanto privadas têm que oferecer esses treinamentos, que têm o propósito de garantir o cumprimento das normas estabelecidas, promovendo a conformidade legal e ética, bem como a segurança e a qualidade em diversas áreas, como saúde, segurança no trabalho, meio ambiente, finanças, privacidade de dados e muito mais. Eles são projetados de forma muito técnica, considerando o que a lei exige e o que cada organização precisa. O principal objetivo desses treinamentos é evitar acidentes e doenças no trabalho.

Um exemplo de treinamento normativo é o da NR-17, que visa adaptar as condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, garantindo conforto, segurança e eficiência no desempenho das atividades laborais. 

Qual o foco da educação corporativa?

A educação corporativa é um componente estratégico fundamental para o crescimento e sucesso das organizações modernas. Enquanto os treinamentos podem ser vistos como o formato final de transmissão de conteúdo, a educação corporativa abrange um escopo muito mais amplo e profundo de atividades.

Seu principal objetivo é aprimorar não apenas as habilidades técnicas, conhecidas como hard skills, mas também as soft skills, que são habilidades comportamentais que permitem que as pessoas sejam mais eficazes em suas interações com outras pessoas e no ambiente de trabalho. Alguns exemplos de soft skills são:

  • Comunicação: capacidade de se comunicar de forma clara, concisa e eficaz. Colaboradores que desenvolvem essa habilidade podem evitar mal-entendidos, melhorar a colaboração e influenciar positivamente suas equipes.
  • Liderança: líderes eficazes inspiram suas equipes, estabelecem metas claras e proporcionam orientação. Eles demonstram habilidades de liderança não apenas em posições de autoridade, mas também como membros influentes da equipe.
  • Resolução de conflitos: conflitos inevitavelmente surgem em ambientes de trabalho, e saber como resolvê-los de forma construtiva é uma soft skill valiosa. Isso pode ajudar a manter um ambiente de trabalho harmonioso e produtivo.
  • Trabalho em equipe: a colaboração eficaz frequentemente requer a capacidade de trabalhar bem em equipe, contribuir com ideias e apoiar os objetivos coletivos. Soft skills como o trabalho em equipe são cruciais para o sucesso de projetos conjuntos.

Leia também: Como criar um programa de treinamento e desenvolvimento de pessoas eficiente?

Quais são os pilares da educação corporativa?

Pilares são elementos que dão sustentação a uma estrutura. Ou seja, consistem em objetivos que devem estar contemplados em todo tipo de planejamento e ação dentro do que se propõe a ser feito. 

No caso da educação corporativa, os pilares são os que seguem, confira.

1. Resultados de negócio

A educação corporativa, como já mencionado anteriormente, tem um papel fundamental no desenvolvimento de melhores resultados para o negócio. Afinal, ao capacitar as equipes, entende-se que os profissionais realizam entregas mais qualificadas e, portanto, direcionam um melhor resultado. 

Assim, a função da educação corporativa é, também, atuar como uma ponte entre a empresa e suas principais metas, integrando sempre todas as ações aos objetivos do negócio como um só.

2. Gestão do conhecimento

Pode ser que gestão do conhecimento seja uma área dentro da sua empresa, e que talvez você tenha uma equipe de T&D no seu RH. Mas, independente de qualquer coisa, não pode deixar de haver processos para identificar necessidades, mapear possibilidades, implementar ações e gerenciar o conhecimento dentro da empresa.

O sucesso da educação corporativa está diretamente associado à capacidade da empresa de promover uma curadoria eficaz do conhecimento transmitido. Além disso, atualizar as informações de treinamentos já realizados sempre que necessário é fundamental.

HCM (Gestão do Capital Humano): o que significa para o RH? | Descomplica RH #31

3. Experiência do aluno

Quando falamos em educação, a experiência do aluno não pode ser deixada de lado. No caso da educação corporativa, estamos olhando para a experiência do colaborador, e como ela pode impactar na sua percepção da empresa e da gestão.

Por isso, por mais que o foco da estratégia seja desenvolver o time em prol de sua atuação no negócio, é essencial pensar em como o colaborador está recebendo os estímulos. As interações são valiosas? Estão sendo realmente úteis e agregando valor? O conteúdo é absorvido?

É preciso desenvolver maneiras de avaliar esses aspectos para conseguir metrificar se a sua estratégia de educação corporativa está adequada. 

4. Autonomia

Promover a autonomia também está entre os principais objetivos por trás da educação corporativa. Afinal, colaboradores capacitados se sentem mais seguros para assumir desafios, propor coisas novas e tomar decisões importantes.

Com uma estratégia consolidada de educação corporativa, o colaborador se torna protagonista da sua própria jornada, entendendo o que precisa desenvolver e tomando seu próprio tempo para fazê-lo. Aqui uma dica: disponibilizar materiais complementares como livros, vídeos e guias para download pode ser uma ótima opção para facilitar ainda mais essa jornada.

5. Contexto

Por último, mas não menos importante, o contexto é fundamental dentro da educação corporativa. Isso significa que o conteúdo a ser compartilhado deve estar totalmente alinhado com as necessidades e interesses já mapeados anteriormente.

Um curso de linguagens de programação para um redator do time de Marketing talvez não seja a estratégia mais interessante de engajamento, por exemplo. O conteúdo deve estar focado em resolver problemas reais das pessoas certas dentro da corporação. 

Baixe nosso guia de avaliação de desempenho e plano de desenvolvimento e saiba como fazer!

Planilha de RH para avaliação de desempenho educação corporativa

Quais são os princípios de sucesso?

Princípios de sucesso, diferente dos pilares, são valores macro que permeiam todos os objetivos, pilares e ações. Conforme apresentado no livro “Educação corporativa no Brasil: mitos e verdades”, das autoras Marisa Eboli e Jeanne Meister, confira quais são os 7 princípios de sucesso da educação corporativa.

  1. Cidadania: cidadania, pensamento crítico e ética dentro e fora da empresa;
  2. Competitividade: capacitação do time para tornar a empresa mais competitiva;
  3. Conectividade: democratização das informações e conexões entre as pessoas;
  4. Disponibilidade: acessibilidade e disponibilidade aos meios de aprendizado;
  5. Parceria: troca constante com fornecedores e parceiros do negócio;
  6. Perpetuidade: pertencimento à natureza da cultura organizacional;
  7. Sustentabilidade: atuação em prol da saúde do negócio em todas as frentes.

Quais os objetivos da educação empresarial

Resumindo um pouco do que falamos aqui e para facilitar a sua visualização, trazemos um resumo dos 7 principais pontos considerados principais objetivos da educação corporativa. São eles:

  1. Fomentar o alinhamento de todos sobre os processos do negócio;
  2. Aprimorar habilidades e desenvolver padrões a serem seguidos;
  3. Perpetuar a cultura organizacional integrando as equipes;
  4. Melhorar a gestão de tempo com foco no aumento da produtividade;
  5. Formalizar processos para relacionamento com parceiros e fornecedores;
  6. Desenvolver gestores e lideranças em sua trajetória;
  7. Apresentar inovações do mercado e atualizar a empresa com novas ferramentas.

Com tudo isso sendo trabalhado, os princípios de sucesso e pilares da educação corporativa são atendidos com sucesso, e a organização prospera ainda mais.

Como fazer educação corporativa?

Já vimos um pouco neste artigo sobre como as equipes de T&D da gestão de pessoas podem implementar educação corporativa em seus negócios, certo? 

Nesta seção, no entanto, vamos nos aprofundar ainda mais e trazer algumas dicas práticas e um passo a passo para você começar agora mesmo o seu planejamento.

Como aplicar a educação corporativa?

O primeiro passo é, como já mencionamos, realizar um levantamento de necessidades e mapeamento do cenário atual da empresa. Identifique o que já está bem resolvido e consolidado, o que ainda precisa ser desenvolvido em cada área pensando nos objetivos do negócio e coloque tudo isso em uma balança.

Em seguida, deve-se desenhar um plano de ação com cronograma e responsáveis que contemple tudo que foi mapeado. Mantenha todas as dores no radar para que, assim que possível, sejam atendidas. Afinal, não adianta nada perguntar para o seu time o que eles gostariam de desenvolver e depois não fazer nada com esta informação, certo?

O próximo passo é, já na execução, elencar os temas e conteúdos que serão abordados, construir os cursos e disponibilizá-los em uma plataforma de aprendizagem, como um LMS. 

Não esqueça de acompanhar os resultados: elabore uma metodologia, que pode ser com pesquisas de satisfação, por exemplo, ou mesmo os próprios testes finais de cada conteúdo. 

O importante é compreender os impactos das ações que estão sendo aplicadas para poder reportar e metrificar o resultado. Um caminho altamente inovador para o seu RH tomar por aí é com base em people analytics

Os dados gerados pelos seus colaboradores podem ser utilizados desde a concepção do planejamento e estratégia, até a metrificação final. Clique no banner a seguir e saiba mais sobre como essa estratégia funciona!

People Analytics: o próximo passo para o RH digital, acesse o e-book

Importância e benefícios da Educação Corporativa

A importância da educação corporativa está, principalmente, no seu papel como conexão entre os colaboradores, os objetivos do negócio e o mercado. Isso porque toda sua metodologia e estratégia envolvem muita análise de cenário e de necessidades que conversam diretamente com as metas da organização.

Sendo assim, torna-se um pilar fundamental para empresas que desejam se tornar mais competitivas e investir na retenção de talentos, crescendo de forma sustentável com otimização dos seus resultados. 

Confira, a seguir, os principais benefícios da educação corporativa para a sua empresa!

Fortalecimento do employer branding

O investimento nas pessoas é sempre a melhor forma de uma empresa fortalecer o seu employer branding, ou seja, a sua percepção enquanto marca empregadora. Isso impacta diretamente na atração de talentos, mas também na retenção daqueles que já estão com você. 

Profissionais que se sentem valorizados tendem a ser mais engajados e, consequentemente, mais produtivos, contribuindo para melhorar os resultados da empresa.

Desenvolvimento de líderes

As lideranças possuem um papel fundamental dentro das organizações como principais motivadores e exemplos dos seus liderados. Líderes precisam personificar os valores e a cultura da empresa, agregando conhecimento técnico para orientar, mas também acolhendo e sabendo ouvir as necessidades do time. 

Por isso, trabalhar o desenvolvimento das lideranças nas organizações é um dos mais importantes benefícios da educação corporativa.

Estímulo à inovação

Com uma cultura enraizada de educação dentro da empresa, não tem como fugir da inovação. Atualização profissional é um processo constante, que todos que se interessam devem buscar de forma independente. 

Mas quando a própria empresa estimula essa busca internamente e proporciona a aquisição de novos conhecimentos a vantagem é muito maior.

Aprendizagem contínua (ou Lifelong Learning)

A educação corporativa promove a ideia de que a aprendizagem não é um evento único, mas um processo contínuo ao longo da vida. Isso significa que os funcionários são incentivados a adquirir novos conhecimentos e habilidades de forma regular e constante.

Essa prática traz diversos benefícios tanto para os colaboradores quanto para a empresa, como:

  • aumento da produtividade;
  • melhora no engajamento e retenção;
  • estímulo ao compartilhamento de conhecimento;
  • aumento do capital intelectual da empresa.

Cultura de aprendizado

A educação corporativa é uma estratégia fundamental para fortalecer a cultura de aprendizado nas empresas, realçando o valor do investimento no desenvolvimento de seu capital humano

Ao proporcionar oportunidades de aprimoramento profissional aos colaboradores, as organizações não apenas reforçam o compartilhamento de conhecimento, mas também estimulam a inovação e a capacidade de adaptação às constantes mudanças do mercado.

Além desses benefícios substanciais, a educação corporativa também desempenha um papel crucial na retenção de talentos, na satisfação dos clientes e na aprimoramento da imagem da empresa.

Dados do relatório Global Talent Trends 2020 da consultoria Mercer mostram que programas de treinamento e desenvolvimento personalizados podem levar a um aumento de até 37% no engajamento dos colaboradores e de até 44% na retenção de talentos.

Treinamento e desenvolvimento: como acelerar o aprendizado dos colaboradores? | Descomplica RH #37

Avaliação e mensuração

Para garantir que os programas de educação corporativa estejam cumprindo seus objetivos, é essencial avaliá-los e mensurá-los regularmente. Isso envolve a análise de métricas de desempenho, como o progresso dos funcionários em relação às habilidades que estão sendo desenvolvidas. 

Além disso, é importante obter feedback dos colaboradores para entender como os programas podem ser aprimorados. 

A avaliação e a mensuração permitem que as empresas façam ajustes conforme necessário e garantam que estão investindo seus recursos de maneira eficaz na capacitação de sua equipe.

Desafios e oportunidades da educação corporativa

O Brasil é um país continental com inúmeros desafios quando se fala em políticas públicas, incluindo aspectos ligados à educação. 

Dentre os obstáculos mais comuns para implementação da educação corporativa nas empresas, encontram-se:

  • Atuação estratégica, com planejamento e organização orientados por objetivos claros;
  • Reconhecimento pela organização do sistema de educação corporativa, ou seja, inclusão dessa estratégia na cultura;
  • Avaliação e mensuração de resultados para melhoria constante;
  • Restrição orçamentária, que acaba atingindo todas as áreas, inclusive o RH, na educação corporativa;
  • A promoção do autoconhecimento dos colaboradores, um grande desafio para melhorar as relações de trabalho.

No entanto, com esses desafios também se abrem amplas oportunidades para aprimorar a educação corporativa por meio de estratégias inovadoras e tecnológicas.

Algumas dessas oportunidades são:

  • Gamificação: o uso de elementos lúdicos e interativos para engajar e motivar os participantes dos programas de educação corporativa;
  • Inovações tecnológicas: o aproveitamento das novas ferramentas e plataformas digitais, como realidade virtual, inteligência artificial e plataformas de e-learning, para facilitar o acesso, a personalização e a qualidade dos conteúdos educacionais;
  • Universidade corporativa: a criação de uma estrutura própria de ensino que visa disseminar a cultura, os valores e as competências da organização;
  • Aprendizado corporativo e gestão do conhecimento: a promoção de uma cultura de aprendizagem contínua e colaborativa que estimula o compartilhamento de informações e experiências entre os funcionários.

Superar esses desafios e aproveitar essas oportunidades demanda dedicação e comprometimento. Mas, como indicam as tendências de gestão de pessoas, a educação corporativa bem estruturada traz resultados significativos para as empresas

Ela pode ajudar seu negócio a se manter à frente da concorrência, explorando as principais novidades e tendências do segmento e compartilhando esse conhecimento com a equipe, além de entender como aplicá-las para gerar os melhores resultados.

Leia também: 8 desafios e oportunidades da área de Recursos Humanos

O papel da tecnologia na educação corporativa

A tecnologia desempenha um papel fundamental na implementação da educação corporativa por permitir o acesso a treinamentos e conteúdos de forma ágil, flexível e personalizada

Ela também possibilita o acompanhamento e a avaliação dos resultados dos programas de educação corporativa, bem como o feedback e a interação entre os participantes.

Hoje, existem diferentes ferramentas e plataformas tecnológicas que podem ser utilizadas para a educação corporativa, como, por exemplo, a Webtraining!

A Webtraining é a plataforma LMS da Ahgora e oferece uma estrutura completa para a educação corporativa: desde a formatação de cursos online sobre temas relacionados à gestão de pessoas, liderança, comunicação, produtividade, entre outros, até a estruturação de uma estratégia completa com implementação de universidade corporativa, acompanhamento de metas e suporte ativo durante a jornada do cliente. 

A ferramenta permite que os colaboradores aprendam no seu próprio ritmo, de acordo com seus interesses e necessidades, e que os gestores acompanhem o desempenho e o engajamento dos seus times.

Entre os benefícios voltados para profissionais de RH, a Webtraining permite criar, gerenciar e distribuir cursos online, além de monitorar o progresso e a avaliação dos alunos.

Os benefícios da tecnologia na disponibilização de treinamentos e conteúdos são diversos, tais como:

  • Redução de custos com deslocamentos, hospedagens, materiais impressos e infraestrutura física para os treinamentos presenciais.
  • Ampliação do alcance, permitindo que os treinamentos e conteúdos sejam acessados por um número maior de pessoas, independentemente da sua localização geográfica ou do seu horário disponível.
  • Atualização constante e ágil, acompanhando as mudanças do mercado e as demandas dos clientes.
  • Treinamentos e conteúdos personalizados segundo o perfil, o nível de conhecimento e as preferências de cada participante, aumentando a sua satisfação e o seu aproveitamento.

Acesso contínuo a treinamentos e conteúdos a qualquer momento e em qualquer lugar, favorecendo a aprendizagem contínua e o desenvolvimento profissional.

Desenvolva a educação corporativa na sua empresa com o Webtraining.

Seja mestre no desenvolvimento e gestão de pessoas 

No cenário empresarial atual, a gestão de pessoas não é apenas um departamento, mas o alicerce de qualquer organização de sucesso. Logo, a importância da educação corporativa nunca foi tão evidente quanto agora. 

Em um ambiente de negócios em constante evolução, as organizações que investem na capacitação de seus colaboradores têm uma vantagem competitiva significativa. Afinal, funcionários bem treinados são mais engajados, produtivos e aptos a contribuir com inovações e melhorias contínuas.

É nesse contexto que a Ahgora se destaca como a parceira ideal para auxiliar sua empresa a alcançar a excelência na gestão de pessoas. Nossos programas de treinamento são projetados para atender às necessidades específicas de sua organização, desenvolvendo habilidades essenciais em liderança, comunicação, trabalho em equipe, resolução de conflitos e muito mais. 

Acreditamos que a aprendizagem contínua é a chave para o sucesso a longo prazo. Por isso, antes de ir, convidamos você a acessar outros temas relacionados no nosso blog!

Conheça a tecnologia da Ahgora para educação corporativa!