Tecnologia no RH é o uso de sistemas, softwares e equipamentos conectados para trazer maior agilidade e eficiência à área de recursos humanos nas empresas. No caso específico do RH, a redução de tempo operacional gasto com burocracias e papelada também é um dos principais objetivos.

Cada vez mais o RH tem se movimentado para se tornar uma área que gera e comprova o seu valor na empresa, e que promove maior competitividade para o negócio. Afinal, todo o resultado de uma empresa é feito das pessoas que a compõem, e quem cuida das pessoas dentro da empresa é, em essência, o RH.

É evidente que esta não deve ser uma responsabilidade centralizada somente no setor de Pessoas, mas também compartilhada com os gestores diretos do pessoal. E isso também é uma das funções do uso de tecnologia: descentralizar a gestão de pessoas.

Continue a leitura deste artigo e entenda um pouco mais sobre a importância da tecnologia no RH e como a sua equipe pode se beneficiar com esse tipo de recurso.

10 ferramentas para inovar no RH

O que é tecnologia no RH

Tecnologia no RH é qualquer tipo de sistema ou software que automatize rotinas, ou mesmo que ajude a organizar processos dentro da área de recursos humanos. Ou seja, é contar com processos otimizados para investir mais horas do dia do profissional de RH em ações estratégicas do que em atividades manuais e operacionais.

Você já parou para pensar em quantas horas o seu RH gasta:

  • Analisando planilhas?
  • Conferindo e-mails com pedidos diversos dos colaboradores?
  • E fazendo cálculos de férias e pagamentos? 

E mais: quantos erros podem ser gerados a partir disso; quanto dinheiro pode ser perdido em passivos trabalhistas por pagamentos indevidos; ou mesmo, quanto você pode estar focando demais em números e de menos nas pessoas?

É por isso que a tecnologia no RH é importante. Ela permite que você e sua equipe se concentrem nas atividades mais subjetivas e invistam menos energia nas burocracias. Isso porque a tecnologia dá conta dessa burocracia por você, automatizando diversas tarefas para tornar a sua rotina mais simples.

Essas atividades, como contratações, fechamento de folha de pagamento, gestão de férias e envio de informações ao eSocial são primordiais para o funcionamento da empresa e não podem deixar de ser feitas. A vantagem da tecnologia no RH, neste caso, é a celeridade que traz para esses processos.

A tecnologia permite um olhar mais cuidadoso para o que realmente interessa, que são as pessoas. Saúde mental, bem-estar, experiência do colaborador, clima organizacional etc. Todas essas tarefas também podem contar com o apoio da tecnologia, porém precisam de uma atenção humana por trás, na análise das informações e na definição de como agir sobre elas.

Tecnologia na gestão de ponto para folha de pagamento

O que é inovação em RH

Quando se fala em inovação no RH, não necessariamente estamos falando sobre tecnologias. Inovação é um conceito mais amplo, que envolve qualquer ideia aplicada que fuja do comum, ou que traga algum tipo de benefício na rotina.

No caso do seu RH, por exemplo, podemos considerar como uma inovação a abertura de uma vaga para People & Culture, caso esta ainda não fosse uma posição existente na sua empresa. Ou, então, vamos supor que a sua equipe passe a acompanhar indicadores de RH para mensurar os resultados da área, quando isso antes não era feito.

Nesses dois exemplos, vemos que não há envolvimento de nenhum sistema tecnológico mas, ainda assim, agrega valor trazendo uma entrega totalmente diferenciada do que já era praticado.

Uma tecnologia também pode ser considerada como uma inovação no RH, mas o que queremos dizer aqui é que não obrigatoriamente precisa passar por isso. Fica clara a diferença entre inovação e tecnologia no RH?

Indicadores de RH

Como era o RH antes da tecnologia

Bom, antes da tecnologia o RH era muito mais moroso em suas atividades. É um pouco do que estávamos falando anteriormente aqui no texto: pilhas de documentos, planilhas, e-mails acumulados, conversas somente por telefone ou no presencial e por aí vai.

Tudo isso onera muito o RH, sobrecarregando a equipe e centralizando a responsabilidade dessa gestão totalmente na área de recursos humanos. Profissionais sobrecarregados podem se tornar desmotivados e reduzir o engajamento com a empresa. Um RH que age sozinho, sem apoio dos gestores diretos dos colaboradores, perde muito mais tempo nas atividades do dia a dia.

E tudo isso impacta diretamente no desempenho da área dentro da empresa, e na geração de valor que ela oferece para o negócio. Cuidar de pessoas dentro de uma organização não é uma tarefa fácil, e nem deve ser somente do RH. Por isso a importância da tecnologia como uma aliada, para tirar o RH dessa era que ficou para trás e colocá-lo em um lugar de protagonismo e transformação digital.

Modelo de folha de ponto para download

Quais os benefícios e impactos da tecnologia no RH

Conforme já abordamos anteriormente neste artigo, os benefícios da tecnologia no RH são inúmeros. Eles vão desde a simplificação de rotinas, até uma geração de dados para embasar tomadas de decisão. Com a tecnologia, o seu RH pode:

  • Automatizar tarefas;
  • Simplificar atividades;
  • Acelerar processos;
  • Otimizar o tempo;
  • Reduzir custos;
  • E mensurar resultados.

Tudo isso porque os sistemas disponíveis atualmente para apoiar o RH nessa gestão já contam com adaptação completa às leis trabalhistas. Dessa forma, garantem que os dados inseridos estarão em conformidade e emitem relatórios já dentro do padrão especificado pela lei.

Um exemplo de legislação que veio para transformar a gestão de pessoas é a Portaria 671, nova lei de ponto, que já está em vigência e com penalizações por descumprimento ativas. Se você ainda não sabe do que se trata, ou não tem certeza se o seu RH está adequado, inscreva-se gratuitamente em nosso curso Descomplicando a Portaria 671 e descubra!

Tecnologia no RH

Quais são os desafios do RH na era digital

Mas e aí, com tantos benefícios e aspectos positivos, o que pode haver de desafios para o RH na era digital? Bom, podemos começar pelo fato de que a própria digitalização do RH já é um desafio. Afinal, sabemos que a maior parte dos RHs do Brasil ainda não atuam de forma digitalizada.

A área é vista como um centro de custos por conta de contratações e desligamentos, folha de pagamento, benefícios etc. Tudo isso incorpora ao RH uma percepção de que não vale a pena colocar ainda mais recursos da empresa na área, visto que ela já dá bastante gasto.

No entanto, essa visão precisa ser transformada, pois o RH é, na verdade, o coração da empresa. É ali onde estão direcionados todos os cuidados com os colaboradores, que são os responsáveis por manter a operação da empresa em funcionamento.

Por isso, aí está o primeiro desafio: promover maior geração de valor do RH dentro da empresa. O segundo está diretamente associado a este, que é a adaptação dos profissionais ao uso das tecnologias. Quando um setor ainda não está tão familiarizado com um recurso, é fundamental haver um período de treinamento e de demonstração de valor daquela entrega.

O RH precisa comprar a ideia, entender os benefícios que aquela tecnologia vai trazer para a sua rotina e realmente mergulhar de cabeça. Com esse entendimento claro, fica muito mais fácil colocar em prática os aprendizados.

E, por último, mas com certeza não menos importante, trazemos como um grande desafio a humanização que se faz necessária em meio a todo o contexto tecnológico de um RH.

Fica o alerta para que a tecnologia seja utilizada como uma aliada, uma parceria, e não como uma forma de eximir os profissionais de RH das decisões e de sua atuação estratégica. A área de recursos humanos deve ter muita atenção em ser cada vez mais digitalizada e tecnológica, sim, mas em não perder o fator humano que guia seus dias.

Quais são as tecnologias na área de recursos humanos

Existem diversas tecnologias disponíveis para a área de recursos humanos, e que podem ser estudadas pela sua empresa para serem implementadas. No entanto, é fundamental você ter em mente que o cenário da organização precisa ser analisado de forma cuidadosa antes de qualquer decisão.

É preciso conhecer a realidade atual do seu negócio, entender o orçamento disponível para investimento, e dimensionar o potencial de envolvimento da sua equipe. Afinal, a tecnologia no RH precisa do engajamento do time para surtir os efeitos desejados.

Desde um sistema de ponto eletrônico com informações atualizadas em tempo real, até um dashboard analítico com dados sobre os seus colaboradores. Todo tipo de tecnologia deve passar por um processo de análise e adaptação. Conheça as tecnologias do Ecossistema Ahgora para o seu RH e fale com nosso time em caso de dúvidas.