Você já parou para pensar no papel que as pessoas exercem no sucesso da sua organização? Elas são as responsáveis por criar, executar e aprimorar tudo o que a sua empresa oferece ao mercado. Por isso, é fundamental que elas estejam motivadas, engajadas e alinhadas com a sua visão e seus objetivos.

Mas como garantir isso em um cenário de constantes mudanças, inovações e competitividade? A resposta é: gestão de pessoas. Essa é a área que cuida de todas as atividades relacionadas aos seus colaboradores, desde o recrutamento até o desenvolvimento, a comunicação, a liderança e o clima organizacional.

Neste artigo, você vai aprender tudo sobre gestão de pessoas: o que é, como fazer e por que é essencial para o seu negócio. Você vai ver também como essa prática pode trazer benefícios não só para os seus colaboradores, mas também para os seus clientes, fornecedores, parceiros e sociedade. Vamos lá?

O que significa gestão de pessoas?

Gestão de pessoas é uma maneira de cuidar das pessoas que trabalham em uma organização, desde o momento em que elas são contratadas até o momento em que elas saem ou se aposentam. 

A gestão de pessoas também ajuda as pessoas a se desenvolverem, se sentirem motivadas e a trabalharem em equipe. Além disso, apoia os objetivos da empresa, garantindo que as pessoas tenham as competências e os recursos necessários para realizar suas atividades.

e-book gestão eficiente de pessoas, download gratuito

Qual a diferença entre gestão de pessoas e recursos humanos?

Embora os dois tenham como objetivo gerenciar os colaboradores de uma organização, eles possuem características e finalidades distintas

O RH trabalha com eficácia e adequação, ou seja, fazer as coisas da maneira correta para alcançar um objetivo. A gestão de pessoas trabalha com eficiência e desenvolvimento, ou seja, fazer as coisas da melhor maneira possível para melhorar o desempenho.

Um exemplo de diferença entre RH e gestão de pessoas pode ser visto na maneira como eles lidam com o treinamento dos colaboradores. O RH oferece cursos e capacitações para os funcionários adquirirem novos conhecimentos e habilidades. A gestão de pessoas acompanha e avalia o aprendizado dos funcionários, oferecendo feedback, orientação e reconhecimento.

Qual o objetivo da gestão de pessoas? 

Um dos principais objetivos da gestão de pessoas é encontrar e colocar em prática, dentro das empresas, mecanismos e estratégias de valorização dos profissionais. Isso envolve:

  • Criar um ambiente de trabalho saudável e produtivo, oferecendo condições adequadas, como infraestrutura, equipamentos, segurança, saúde e bem-estar. Um ambiente de trabalho saudável e produtivo favorece a satisfação, a motivação e o engajamento dos colaboradores, além de reduzir o absenteísmo e a rotatividade. Segundo uma pesquisa da Gallup, empresas com alto engajamento dos funcionários têm 21% mais lucratividade e 17% mais produtividade do que as que têm baixo engajamento.
  • Motivar os colaboradores, reconhecendo os esforços, resultados e contribuições dos colaboradores, conforme as suas necessidades e expectativas. A motivação é um fator essencial para o desempenho e a retenção dos talentos por gerar comprometimento, dedicação e entusiasmo.
  • Garantir uma comunicação interna eficiente, estabelecendo canais, meios e processos de comunicação que facilitem o fluxo de informações entre os diferentes níveis e áreas da organização. Uma comunicação interna eficiente promove a transparência, a confiança e a colaboração, além de evitar ruídos, conflitos e retrabalhos.
  • Promover o entrosamento e o trabalho em equipe, estimulando a interação, a cooperação e a integração entre os colaboradores, valorizando a diversidade, a complementaridade e a sinergia. O entrosamento e o trabalho em equipe potencializam a troca de conhecimentos, experiências e ideias, além de aumentar a criatividade, a inovação e a qualidade. Segundo uma pesquisa do Google, os times mais eficazes são aqueles que têm confiança, segurança psicológica e clareza de metas.
  • Gerir a partir de competências, definindo, avaliando e desenvolvendo as competências necessárias para o desempenho das funções e dos cargos na organização, considerando os conhecimentos, as habilidades e as atitudes dos colaboradores. A gestão por competências permite identificar as lacunas, as potencialidades e as oportunidades de melhoria dos profissionais, além de alinhar as expectativas e os feedbacks.
  • Incentivar o treinamento e desenvolvimento constante dos profissionais, oferecendo oportunidades de aprendizagem contínua, como cursos, palestras, workshops, mentorias, coaching, entre outros. O treinamento e desenvolvimento constante dos profissionais amplia as capacidades, as qualificações e as carreiras, além de aumentar a competitividade, a adaptabilidade e a performance da organização. Segundo uma pesquisa do LinkedIn, 94% dos funcionários permaneceriam mais tempo em uma empresa que investe em seu desenvolvimento.
  • “Humanizar” as empresas, tratando os colaboradores como seres humanos, respeitando as suas individualidades, as suas emoções e as suas necessidades. A humanização das empresas gera um clima organizacional positivo, baseado na empatia, no diálogo e no apoio mútuo, além de melhorar a imagem, a reputação e a responsabilidade social da organização.
Gestão de pessoas: o que é, objetivos e princípios básicos

Como surgiu a gestão de pessoas?

A gestão de pessoas não é algo novo. Ela surgiu no início do século XX, em resposta às mudanças nas relações de trabalho provocadas pela industrialização e pela globalização. 

Antes, os trabalhadores eram vistos como meros recursos produtivos, sem direitos ou participação nas decisões. Com o tempo, percebeu-se que as pessoas são o principal ativo de uma empresa e que elas precisam ser tratadas com transparência, reconhecimento e valorização.

E é por meio da gestão de pessoas que se busca criar um ambiente de trabalho saudável, motivador e produtivo, onde os colaboradores se sintam engajados, felizes e realizados.

Qual a importância da gestão de pessoas nas organizações? 

A gestão de pessoas é uma área fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Ela envolve não apenas aspectos operacionais, mas também estratégicos, que visam alinhar o comportamento e o desempenho dos colaboradores aos objetivos organizacionais. A seguir, vamos apresentar dois dos principais motivos para investir na gestão de pessoas. Confira!

Papel estratégico da gestão de pessoas

A gestão de pessoas vai além de administrar a folha de pagamento, os benefícios, o recrutamento e a seleção, o treinamento e a avaliação de desempenho dos colaboradores. 

Ela também tem um papel estratégico, pois define as políticas, práticas e indicadores que orientam as ações e os resultados das equipes. Dessa forma, a gestão de pessoas contribui para o alcance das metas e da missão da organização, bem como para a sua adaptação às mudanças do mercado e da sociedade.

Mais motivação e produtividade

Outra importância da gestão de pessoas é o aumento da motivação e da produtividade dos colaboradores. Para isso, é importante criar um ambiente de trabalho que proporcione bem-estar, reconhecimento, desenvolvimento profissional e participação nas decisões da organização. 

A gestão de pessoas também deve oferecer recompensas justas e compatíveis com o mercado, bem como oportunidades de crescimento e de aprendizagem contínua. Colaboradores motivados e engajados tendem a ser mais produtivos, criativos, comprometidos e leais à organização, gerando vantagem competitiva e sustentabilidade para a empresa.

Quais são os 5 pilares da gestão de pessoas? 

Vamos ver quais são os 5 pilares que sustentam a gestão de pessoas a seguir:

1. Motivação:

A motivação é como a gasolina que impulsiona os colaboradores a se dedicarem, fazerem um trabalho incrível e buscarem sempre a excelência. Pode vir de dentro de cada um, com suas necessidades e valores, ou de fora, através de reconhecimento, remuneração justa, feedbacks e um ambiente de trabalho legal.

2. Comunicação interna:

Sabe aquela sensação de estar na mesma página? Uma boa comunicação interna faz exatamente isso! Alinha objetivos, integra equipes, resolve conflitos, aumenta transparência e confiança. Também é uma ferramenta para engajamento, aprendizado e inovação.

3. Trabalho em equipe:

Juntos somos mais fortes, certo? O trabalho em equipe é sobre compartilhar conhecimentos, habilidades, responsabilidades e recursos. É uma prática que pede respeito, cooperação, comunicação e coordenação entre todos os membros da equipe.

4. Gestão por competência:

Saber o que fazemos de melhor é uma grande vantagem. Nesse sentido, a gestão por competência busca identificar, desenvolver e avaliar as habilidades necessárias para cada função na organização. Isso ajuda no planejamento de carreiras, recrutamento, treinamento, remuneração e retenção de talentos.

5. Treinamento e desenvolvimento:

Treinamento e desenvolvimento visa aprimorar as competências, tanto para o presente quanto para o futuro. Pode ser presencial ou a distância, individual ou em grupo, mas o importante é que ajuda a aumentar a produtividade, qualidade, criatividade e competitividade da organização.

planilha avaliação de desempenho e plano de desenvolvimento, faça o download

Quais são os tipos de gestão de pessoas? 

Existem vários tipos de gestão de pessoas, que podem ser aplicados de forma complementar, de acordo com as características e necessidades de cada organização. Alguns desses tipos são:

Gestão por competências 

Foca nas habilidades e competências dos colaboradores, alinhando essas capacidades com os objetivos da organização. Identifica, desenvolve e avalia as competências técnicas e comportamentais necessárias, reconhecendo e recompensando quem as demonstra.

Gestão estratégica de pessoas 

Integra os objetivos estratégicos da organização. Alinha a gestão de pessoas com a missão, visão e valores da empresa, buscando contribuir para alcançar os resultados esperados.

Gestão por resultados 

Baseada na definição de metas e resultados a serem alcançados. Avalia o desempenho dos colaboradores com base nos objetivos estabelecidos, estimulando a produtividade, qualidade e eficiência.

Gestão participativa 

Envolve os colaboradores nas decisões e processos da organização. Valoriza opiniões, ideias e sugestões, incentivando a comunicação, colaboração e cooperação entre as equipes.

Gestão de talentos 

Foca na identificação, desenvolvimento e retenção de talentos. Busca atrair, selecionar e integrar colaboradores com competências adequadas à cultura da organização, oferecendo oportunidades de capacitação e reconhecimento.

Gestão de mudanças 

Concentra-se na condução dos colaboradores durante processos de mudança organizacional. Busca preparar, apoiar e orientar os colaboradores para as mudanças, envolvendo comunicação, sensibilização e capacitação.

Gestão de desempenho

Avalia e acompanha o desempenho individual dos colaboradores. Oferece feedback, estabelece planos de desenvolvimento, identifica pontos fortes e oportunidades de melhoria.

Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT)

Promove um ambiente de trabalho saudável e equilibrado. Oferece condições adequadas de trabalho e implementa ações para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores.

Gestão de carreiras 

Planeja e desenvolve as carreiras dos colaboradores. Oferece oportunidades de crescimento, mobilidade e sucessão, acompanhando, orientando e dando feedback sobre as carreiras.

Gestão de remuneração e benefícios

Lida com a definição de salários, benefícios e políticas de remuneração. Busca atrair, reter e motivar os colaboradores com critérios justos e benefícios que atendam às suas necessidades e expectativas.

Como implementar políticas de gestão de pessoas? 

Para implementar políticas de gestão de pessoas eficazes, é preciso seguir alguns passos, como:

  1. Criar um planejamento estratégico de recursos humanos, definindo a missão, a visão, os valores e os objetivos da empresa, bem como o perfil, as funções e as responsabilidades dos colaboradores;
  2. Analisar o cenário atual e futuro da organização, considerando as necessidades, as oportunidades e as ameaças do mercado, bem como as diretrizes da legislação trabalhista;
  3. Investir em comunicação interna, abrindo canais para se conectar de forma eficaz com os colaboradores, disseminar informações, esclarecer dúvidas, receber feedbacks e reconhecer os resultados;
  4. Colocar a colaboração no modelo de trabalho, estimulando os profissionais a cooperar de maneira inteligente, rápida e forte, por meio de trabalho em equipe, compartilhamento de conhecimento e solução de problemas;
  5. Priorizar a diversidade e a inclusão, valorizando as diferenças saudáveis entre os colaboradores, respeitando as individualidades, promovendo a equidade e a acessibilidade e combatendo o preconceito e a discriminação;
  6. Implementar processos de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, plano de carreira, cargos e salários, benefícios e recompensas, que sejam claros, transparentes, justos e alinhados com as políticas de gestão de pessoas;
  7. Monitorar e avaliar os resultados das políticas de gestão de pessoas, por meio de indicadores e métricas, como clima organizacional, turnover, absenteísmo, produtividade, qualidade, satisfação, engajamento, entre outros.
Eficiência operacional no RH, acesse o e-book

Qual a relação entre liderança e gestão de pessoas? 

Liderança e gestão de pessoas são conceitos distintos, mas complementares, que se referem à maneira como as organizações lidam com os seus recursos humanos

A liderança foca na equipe e nos indivíduos, buscando inspirar, motivar e orientar os colaboradores. Já a gestão de pessoas abrange as políticas e práticas que visam agregar, aplicar e desenvolver os profissionais, considerando as necessidades e metas da organização.

Líderes e gestores eficazes sabem alinhar os interesses dos colaboradores com os objetivos da empresa, criando uma abordagem equilibrada e integrada para o sucesso organizacional.

Qual o melhor curso de gestão de pessoas? 

Escolher o curso ideal de gestão de pessoas é algo muito pessoal e vai depender das necessidades, objetivos e perfil do profissional de Recursos Humanos. Então, a dica é: dar uma boa pesquisada. Vale a pena analisar:

  • O que cada um oferece, como o conteúdo programático;
  • A carga horária;
  • Quem são os professore;
  • A metodologia de ensino;
  • Se o mercado reconhece o curso;
  • E, claro, o custo-benefício.

Uma dica é conhecer o curso de Introdução ao Departamento Pessoal Estratégico da Ahgora. Ele é online e gratuito, e o objetivo é ensinar as principais normas que regulamentam as jornadas de trabalho, a relação dos sindicatos com essas leis e o que fazer para estar adequado. Além disso, aborda temas como:

  • As regras além da CLT: convenção coletiva de trabalho e sindicatos
  • Registro de Ponto: jornada, intervalos, DSR, folgas e faltas
  • Horas de trabalho: horas-extras e os diferentes tipos de horas noturnas
  • Afastamentos: férias e licenças maternidade e paternidade
  • Desligamentos, recibos de pagamento e os principais motivos de processos

O curso também oferece um certificado reconhecido pelo MEC e pelo mercado de trabalho.

Curso gratuito: introdução ao departamento pessoal estratégico, inscreva-se

Quais são os melhores livros para gestão de pessoas?

  • Gestão de Pessoas – O Novo Papel da Gestão do Talento Humano, de Idalberto Chiavenato. Esse livro é considerado uma referência na área de recursos humanos e aborda os novos desafios da gestão de pessoas no século XXI.
  • Comece pelo Porquê, de Simon Sinek. Esse livro mostra como os grandes líderes inspiram as pessoas a agir com um propósito claro e compartilhado.
  • Gestão de Alta Performance, de Andrew S. Grove. O livro ensina como gerenciar equipes de forma eficaz, usando técnicas simples e práticas, baseadas na experiência do autor como CEO da Intel.
  • Gerenciando Pessoas, de Harvard Business Review. A obra reúne artigos de renomados especialistas em gestão de pessoas, abordando temas como motivação, feedback, comunicação, liderança e diversidade.
  • Liderando Mudanças, de John P. Kotter. Esse livro apresenta um modelo de oito etapas para conduzir processos de mudança nas organizações, evitando os erros mais comuns e superando as resistências.

Leia também: 7 livros sobre Gestão de Pessoas que todo profissional de RH precisa ler

Quais são as melhores frases sobre gestão de pessoas?

Separamos algumas frases motivacionais que podem ser utilizadas como inspiração na gestão de pessoas. Confira:

  • “Liderança é a capacidade de traduzir visão em realidade.” (Warren Bennis)
  • “Gerenciamento é fazer as coisas da forma certa; liderança é fazer as coisas certas.” (Peter F. Drucker)
  • “Boa gestão é a arte de tornar os problemas tão interessantes e suas soluções tão construtivas que todos vão querer trabalhar e lidar com eles.” (Paul Hawken)
  • “Você precisa construir um time tão talentoso que faça com que você se sinta quase desconfortável ao redor deles.” (Brian Chesky)
  • “Sempre trate os seus colaboradores exatamente como você gostaria que eles tratassem os seus melhores clientes.” (Stephen R. Covey)
  • “Não adianta dizer ‘nós estamos fazendo o nosso melhor’. Você deve ter sucesso fazendo o que é necessário.” (Winston Churchill)
  • “Não é o dinheiro que importa. São as pessoas que você tem e como você as lidera.” (Steve Jobs)
  • “O maior líder não é necessariamente aquele que faz as maiores coisas. Ele é aquele que faz com que as pessoas façam coisas grandiosas.” (Ronald Reagan)
  • “Quando você aceita correr riscos, aprende que haverá vezes em que você será bem-sucedido e outras em que falhará, mas que ambas são igualmente importantes.” (Ellen DeGeneres)
  • “Seus principais clientes são os seus colaboradores. Olhe antes para os seus colegas de trabalho e depois para os seus consumidores.” (Ian Hutchinson)

Qual a importância da tecnologia na gestão de pessoas? 

Com o uso de ferramentas, plataformas e softwares específicos, a GP pode otimizar suas atividades e se tornar mais estratégica, analítica e integrada. Alguns exemplos de tecnologias que auxiliam na gestão de pessoas são:

  • People Analytics: é a aplicação de análise de dados e inteligência artificial para entender o comportamento, o desempenho e as necessidades dos colaboradores, e assim tomar decisões mais assertivas e embasadas em evidências. O People Analytics permite medir e melhorar indicadores como engajamento, satisfação, turnover, absenteísmo, clima organizacional, entre outros. Um exemplo de sistema que faz essa análise é o Attrition, da Ahgora. 
  • Sistemas de gestão: são softwares que automatizam e integram os processos de RH, como recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, folha de pagamento, benefícios, ponto eletrônico etc. Os sistemas de gestão facilitam a organização, a segurança e o acesso às informações, além de reduzir custos e erros operacionais.
People Analytics: o próximo passo para o RH Digital, acesse o e-book

Qual o melhor sistema de gestão de pessoas? 

Existem diversas opções de sistemas de gestão de pessoas no mercado, cada um com suas características e funcionalidades. No entanto, podemos destacar alguns critérios que podem ajudar na escolha, como:

  • Facilidade de uso e integração;
  • Segurança e confiabilidade dos dados;
  • Flexibilidade e personalização;
  • Relatórios e análises inteligentes;
  • Suporte e atualização constante.

Uma opção que atende a todos esses requisitos é o Pontoweb, um sistema de ponto eletrônico que utiliza tecnologias como internet das coisas, armazenamento em nuvem e machine learning para otimizar a gestão de pessoas.

Quais são os principais indicadores de gestão de pessoas? 

Os indicadores de gestão de pessoas são parâmetros que avaliam o desempenho e os resultados da área de recursos humanos de uma empresa. Eles ajudam a identificar pontos fortes e fracos, definir metas, medir resultados e prever o futuro da organização. Alguns dos principais indicadores são:

  • Taxa e custo de absenteísmo;
  • Índice de rotatividade voluntária e involuntária;
  • Taxa de produtividade;
  • Índice de satisfação;
  • Índice de diversidade. 

Para aplicar esses indicadores, na prática, é preciso coletar, analisar, apresentar e utilizar os dados de forma adequada.

Quais são as tendências mais recentes? 

Em 2024, algumas tendências se destacam como as mais relevantes para os profissionais de gestão de pessoas e os líderes das organizações. Vejamos quais são elas e como elas estão moldando o futuro do trabalho:

  • Inteligência Artificial no recrutamento: a utilização de ferramentas de inteligência artificial, como o ChatGPT, ganha espaço, agilizando o processo de seleção, eliminando vieses e proporcionando eficiência no recrutamento;
  • Trabalho remoto e híbrido: a flexibilidade proporcionada pelo home office e híbrido não apenas redefine o ambiente de trabalho, mas também promove autonomia, qualidade de vida e redução de custos para colaboradores e empresas;
  • Desenvolvimento contínuo de habilidades: o foco no desenvolvimento de habilidades e Lifelong Learning se intensifica, abrangendo treinamento, feedback, mentoria, requalificação e atualização de soft skills, garantindo uma força de trabalho preparada e adaptável;
  • Análise de dados em RH: a gestão data-driven torna-se um diferencial estratégico, proporcionando insights profundos na área de recursos humanos. Identificar lacunas, oportunidades, tendências e medir o impacto das ações de gestão de pessoas são passos fundamentais;
  • Saúde mental no trabalho: o enfoque na saúde mental no ambiente profissional ganha destaque, incorporando programas de saúde preventiva, apoio psicológico, flexibilidade e reconhecimento. Essa abordagem contribui para a redução de absenteísmo, turnover e presenteísmo, além de promover satisfação, engajamento e produtividade.
Super kit Inteligência Artificial no RH, acesse agora

Ainda tem dúvidas sobre gestão de pessoas? 

Neste artigo, entendemos os principais aspectos do universo dinâmico que envolve a gestão de pessoas, enfatizando a importância de uma abordagem proativa e adaptável às mudanças constantes no mercado de trabalho.

Diante desses desafios, a Ahgora é a parceira ideal para transformar dúvidas em conquistas. Com soluções inovadoras e tecnologia de ponta, oferecemos ferramentas que impulsionam a gestão de pessoas de forma eficaz e alinhada às exigências do mercado.

Seja o arquiteto do sucesso em sua gestão de pessoas! Entre em contato com nossa equipe e descubra como podemos impulsionar o crescimento e a excelência em sua empresa!